expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Grão-de-bode

Grão-de-bode

Nome científico: Swartzia oblata.

Sinônimo popular: Favão.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Ocorrência: Brasil, nas regiões Sudeste, Centro-oeste e parte do Nordeste.

Características: É uma árvore de até 15 metros de altura. Quando está em local com baixa luminosidade, tem pouco esgalhamento, tronco fino e fica mais alta. Quando está em local com alta luminosidade, tem esgalhamento abundante, tronco mais grosso e fica com menor altura. Tronco liso, marrom-acinzentado. Folhas compostas, pinadas, com cerca de 5 centímetros de comprimento. Flores bonitas, branco-amareladas. Os frutos ficam dependurados no tronco e nos galhos mais grossos, são vagens grossas de até 20 centímetros, parece uma vagem de feijão tamanho gigante, com sementes envoltas em um arilo amarelo comestível.

Habitat: Mata atlântica, mata de galeria e mata ciliar.

Tipo de solo: Gosta de solos férteis a semi-ácidos, bem drenados.



    Foto: Maria do Carmo Silva


Luminosidade: De meia-sombra a sol pleno.

Multiplicação: Por sementes. Estas são de fácil germinação. levam de 20 a 60 dias para germinarem.

Utilidade na natureza: Os frutos são apreciados por macacos, micos e pássaros. São comestíveis para humanos.

Status ecológico: Sem risco de extinção.

Abraço preservacionista!

Veja também nossos outros blogs:
wwwespeleologiaradical.blogspot.com
wwworquideasfloresdivinas.blogspot.com
wwwplantasquecuram.blogspot.com
wwwpoemasesentimentos.blogspot.com
frutasepomar.blogspot.com
floresplantasejardins.blogspot.com
you tube / Daniel Carvalho Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário