expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Pururuca

Pururuca

Nome científico: Casearia rupestris.

Sinônimos populares: Fruta curau de milho, guaçatonga açu e guaçatonga graúda.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Ocorrência: Brasil, nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Goiás.

Características: É uma árvore de até 7 metros de altura com tronco único ou bifurcado, cinza-claro, meio amarronzado, liso. Folhas ovaladas, opostas, levemente serreadas, verdes-brilhantes. Frutos redondos, com pele enrugada, pontos salientes. Quando se abrem expõem as sementes recobertas por uma polpa amarela e adocicada, muito saborosa e apreciada por pássaros.

Habitat; Mata atlântica, mata de transição e cerrado baixo.

Tipo de solo: Semi-ácido e bem drenado.



    Foto: Maria do Carmo Silva

Luminosidade: Meia-sombra a sol pleno.

Multiplicação: Por sementes.

Plantio: Utilize sementes frescas. Plante em solo semi-ácido. Leva de 30 a 60 dias para germinarem. Frutificam com 4 ou 5 anos.

Status ecológico: Sem risco de extinção.

Observação: Ao encontrar frutas na mata, espalhe suas sementes e contribua para a manutenção da vida em todas as extensões da cadeia alimentar.

Abraço preservacionista!

Nenhum comentário:

Postar um comentário