expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Araticum-açu

Araticum-açu

Nome científico: Annona neolaurifolia.

Sinônimos populares: Araticum-açu-do-mato e araticum-preto.


    Foto: Maria do Carmo Silva


Ocorrência: Ocorre no Brasil, nos estados de Minas Gerais e São paulo.

Características: É uma árvore de até 12 metros de altura, com tronco alongado, delgado (cerca de 20 centímetros de diâmetro), marrom-acinzentado, com copa pouco esgalhada, folhas lanceoladas, alternadas, verdes-claras. O fruto é sincárpio, ou seja, é a união em gomos de vários frutos em um só. Quando verde, é amarelado; e quando maduro, é amarelo-enegrecido. Muito saboroso.

Habitat: No cerrado, ocorre em matas de galeria, mas pode ocorrer em pequenas matas montanhosas.

Tipo de solo: Solos ácidos a semi-ácidos, bem drenados.

Luminosidade: De meia-sombra a sol pleno.




    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Multiplicação: Por sementes.

Usos: Seu fruto pode ser consumido in natura ou em forma de doces e geleias. É um ótimo alimento para a fauna selvagem, como, por exemplo, pássaros e micos.

Status ecológico: É um fruto raro, mas ainda sem risco maior de extinção.

Abraço preservacionista!






Nenhum comentário:

Postar um comentário